LISBOA
Residencial

Em uma das ruas do boêmio e agitado bairro de Pinheiros, em São Paulo, um casal de empresários, com 3 filhos entre 5 e 13 anos encontrou o apartamento ideal.


Datado da década de 70, o edifício conta com imensas fachadas envidraçadas e modernistas.


O apartamento, que tinha materiais e infraestrutura originais passou por uma transformação total, com adequações em toda a planta baixa.


A estética brutalista, com tubulações e estruturas aparentes foi adotada por refletir o estilo de vida dos proprietários. Vigas e pilares foram descascados deixando a mostra suas texturas.


A cozinha foi aberta e integrada para a sala de estar e jantar. Um dos quartos foi convertido em sala de TV que também pode estar aberta para a sala. Este jogo de aberturas é proporcionado por 2 grandes portas em policarbonato translucido desenvolvidas especialmente para este apartamento.


Os dormitórios foram readequados às necessidades da família: a suíte foi ampliada, permitindo a criação de um closet e aumento da área do banho. Um dos quartos foi reduzido para colocação da rouparia e as duas filhas do casal dividem um dos dormitórios com uma generosa cama suspensa e lúdica.


Predominam tons de cinza, do cimento queimado nas áreas sociais e porcelanato e limestone nos banheiros. E, em determinados locais, foi utilizada madeira pinus clareada, no piso da área intima e móveis de marcenaria.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom